Capa » Ação 15 » Zezinho lamenta que comando da PM tente impedir atuação da Guarda Municipal

Zezinho lamenta que comando da PM tente impedir atuação da Guarda Municipal

zezinho foto maria OdiliaAo falar sobre a necessária e fundamental parceria entre Polícia Militar e Guarda Municipal, o deputado estadual Zezinho Guimarães (PMDB) lamentou que o comando da PM em Sergipe esteja recorrendo à Justiça para impedir esse trabalho conjunto.

Para ele, a decisão do comando da Corporação vai na contramão do que se vê em outras cidades, como Feira de Santana, na Bahia, onde as duas instituições têm feito um trabalho exemplar, sobretudo, no combate à droga. “O trabalho conjunto das duas corporações serve de exemplo para Aracaju. Vi, em Feira de Santana, um modelo extremamente positivo e aqui me deparo com algo completamente contrário e descabível”, criticou o deputado.

Zezinho lembrou que o Governo federal está incentivando que haja cooperação entre as polícias Civil, Militar e Guardas Municipais em todo o país. “A Guarda Municipal é uma instituição reconhecida pelo Governo federal”, disse, ressaltando que na Bahia, a União disponibilizou equipamentos para ajudar na execução do Projeto ‘Crack é possível vencer’.

“Na Bahia, Estado bem próximo a Sergipe, vemos PM e GM de mãos dadas, empenhadas em combater os problemas que afetam a população. Aqui, vemos uma queda-de-braço empunhada pelo comando da PM para impedir o trabalho da Guarda”, lamentou o deputado, reeleito em outubro passado, defendendo que o governador Jackson Barreto intervenha no sentido de garantir a união dessas duas forças que são extremamente importantes no combate ao crime e manutenção da ordem pública.

Ele ressaltou que 60% do índice de criminalidade são provenientes de crack e de outras drogas. “Por isso as forças precisam se unir para combater esse mal que atinge nossa terra”, disse Zezinho, lembrando que o Governo Federal já disponibilizou para o Estado de Sergipe  os mesmos equipamentos já em uso na Bahia, para combater o crack.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


*