Capa » Ação 15 » Zezinho diz que JB tem feito esforço hercúleo para administrar o Estado

Zezinho diz que JB tem feito esforço hercúleo para administrar o Estado

O deputado estadual Zezinho Guimarães (PMDB) confessou ser testemunha do esforço que o governador Jackson Barreto (PMDB) tem se feito, de maneira agigantada, para resolver as demandas e garantir que o Estado continue se desenvolvendo. “As dificuldades do Governo de Sergipe são imensas. O Governo não faz dinheiro, não tem culpa da burocracia. É fácil fazer oposição, criticar o Governo porque paga atrasado, porque não consegue honrar todos os compromissos”, afirmou o parlamentar.

 

Ele revelou que, há cerca de 15 dias, acompanhou Barreto em uma audiência no Ministério da Saúde, quando foram solicitados recursos para investimento na área da saúde. “O problema é que as coisas não acontecem com a agilidade necessária. Há todo um ritual de burocracia”, disse, ressaltando uma Indicação, de sua autoria, para a viabilização de um Centro de Hemodiálise visando atender a região Sul do Estado. “Eu presenciei o governador mais do que pedindo, mas exigindo o credenciamento desse Centro de Hemodiálise para que possa atender aos pacientes do Sistema Único de Saúde”, revelou.

 

Outra reivindicação feita ao ministro da saúde, Marcelo Castro, revelou Zezinho,foi para que fossem habilitadas as Unidades de Terapias Intensivas (UTIs) do hospital Jessé Fontes, localizado em Estância. “As UTIs já estão montadas, mas ainda não funcionam porque o Ministério da Saúde não as habilitou para que pudessem atender as demandas da população”, disse.

 

Zezinho disse que aproveitou a conversa com o ministro e, pessoalmente, pediu para que o Ministério da Saúde habilitasse o Hospital Universitário de Sergipe a fazer implantes cocleares, popularmente chamados “ouvidos biônicos”. Ele disse que o HU há quatro anos vem tentando habilitar esse serviço, mas a burocracia tem o impedido. Atualmente, existem 69 pacientes no HU aguardando esse serviço.

 

O investimento anual para garantir o atendimento a 24 desses pacientes que estão na lista de espera, de acordo com Guimarães, é da ordem de R$ 2 milhões. “Não é fácil, mas o que posso dizer é que sou testemunha do esforço do governador Jackson Barreto. Agora, o que se espera, principalmente dos políticos que são formadores de opinião, é que tenham responsabilidade até na hora de reivindicar para que não o faça de forma açodada e sem embasamento com o único propósito de colocar a população contra o gestor”, recomendou.

 

(Assessoria Parlamentar)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


*