Warning: Declaration of tie_mega_menu_walker::start_el(&$output, $item, $depth, $args) should be compatible with Walker_Nav_Menu::start_el(&$output, $item, $depth = 0, $args = Array, $id = 0) in /home/pmdbse/www/wp-content/themes/formulando/functions/theme-functions.php on line 1942
Sergipe já tem terreno para a construção da Casa da Mulher Brasileira | PMDB-SE
Capa » Ação 15 » Sergipe já tem terreno para a construção da Casa da Mulher Brasileira

Sergipe já tem terreno para a construção da Casa da Mulher Brasileira

Frente Marta Leão A presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Mulher, deputada Goretti Reis (PMDB),  esteve reunida na manhã dessa segunda-feira (23), com a secretária de Estado da Mulher, Inclusão, Assistência Social do Trabalho e dos Direitos Humanos, Marta de Souza Leão, para tratar sobre a construção da Casa da Mulher Brasileira, um espaço integrado e humanizado de atendimento às mulheres em situação de violência, em Aracaju. “Queremos que Sergipe tenha a casa de acolhimento que é um dos objetivos da Frente, unificar o atendimento”, frisou.

De acordo com Goretti, o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT), recebeu a doação do Departamento de Patrimônio da União (DPU), de um terreno na avenida Maranhão para a construção da sede da Casa Brasileira. “A visita teve o objetivo de saber como estão os trâmites para a obra. A secretária Marta foi muito solícita e nos explicou que vai inciar o processo de licitação e que, do início do processo até a construção, o processo deve durar oito meses”, explicou.

A parlamentar explicou que a Casa da Mulher Brasileira é uma inovação no atendimento humanizado às mulheres. Integra no mesmo espaço serviços especializados para os mais diversos tipos de violência contra as mulheres: acolhimento e triagem; apoio psicossocial; delegacias; juizado; Ministério Público, Defensoria Pública e outros. “A secretária Marta se colocou à disposição da Frente Parlamentar propondo parceria para todos os assuntos relacionados ao atendimento à mulher”, acrescentou.

Ainda de acordo com Goretti, com a criação da casa será possível acabar com a “via crucis” das mulheres em busca de serviços e a humilhação que muitas delas passam. “É importante combater as agressões contra as mulheres pois a violência existe na medida de sua impunidade”, ressaltou informando, que segundo a Secretaria Nacional de Proteção a Mulher, além de Sergipe 17 estados já assinaram o termo de adesão para a construção da Casa da Mulher Brasileira.

Cristina Rochadel

Jornalista Diplomada DRT/SE 841
Assessora de Comunicação Parlamentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

*