Capa » Ação 15 » Segrase e Fapitec homenageiam cientistas

Segrase e Fapitec homenageiam cientistas

A história, o conhecimento científico de Sergipe. Num calendário, a Segrase – Serviços Gráficos de Sergipe – e a Fapitec – Fundação de Apoio à pesquisa e à Inovação Tecnológica de Sergipe – reuniram 12 cientistas que marcaram os séculos XIX e XX no estado, em diversas áreas do conhecimento. “Redemo-nos ao que eles fizeram”, disse o presidente da Segrase, Jorge Carvalho do Nascimento, durante o lançamento do Calendário Cientistas de Sergipe, na quinta-feira, 6.

 

– Gostaríamos de homenagear outros cientistas, mas o ano tem somente 12 meses. Fica a ideia para que possamos adiante decidir sobre outros modelos de homenagem àqueles que enalteceram o estado com suas contribuições para as ciências – observou o presidente da Segrase. “A intenção na elaboração deste calendário foi a de contribuir para o desenvolvimento do conhecimento científico e estimular novos pesquisadores” – destacou o presidente da Fapitec, José Ricardo Santana.

 

O calendário é o resgate da memória de importantes cientistas da história de Sergipe, que tanto contribuíram para a evolução das ciências no estado, em seus campos de atuação – lembrou o secretário de Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia, Saumíneo Nascimento, para quem “esses cientistas continuam a inspirar, e serão sempre referências para as gerações futuras”. As pesquisas do calendário foram coordenadas pelos professores Dilton Cândido e Raquel Meister, membros das Câmaras de Assessoramento da Fapitec.

 

Os cientistas homenageados: Augusto César Leite, Felisbelo Freire, Fernando Porto, Tobias Barreto, Archimedes Pereira Guimarães, Emmanuel Franco, Epifânio Dória, Antônio Tavares de Bragança, José Aloísio de Campos, Maria Thetis Nunes, Paulo de Figueiredo Parreiras Hortas, Laudelino de Oliveira Freire. “A homenagem, o reconhecimento do mérito é sempre um momento singular e mágico”, disse, em mensagem, familiares do médico e cientista Augusto César Leite.

 

– Ele foi um grande cidadão brasileiro e durante seus 90 anos trabalhou na divulgação da nossa cultura com muito orgulho e dedicação – expressou Aana Carolina de Castro Bosco, neta de Archimeques Pereira Guimarães, e parabenizou os presidentes da Segrase e da Fapitec pela idéia de homenagear grandes cientistas de Sergipe. “Estamos sensibilizados, nós, netos e bisnetos, agradecemos essa homenagem”, foi a mensagem dos familiares de Epifânio Dória.

 

– O reconhecimento e carinho nesta homenagem nos alegra e nos fazem agradecidos – disse Rodrigo de Melo Porto, em nome da família de Fernando Figueiredo Porto. Os familiares do economista José Aloísio de Campos, expressaram o agradecimento em mensagem de Marcelo Barreto Campos e Maurício Barreto Campos: “Parabenizamos a iniciativa de promoção e preservação da memória sergipana, na figura dos seus maiores cientistas”.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


*