Capa » Ação 15 » Polícia Civil recebe 120 novos escrivães e agentes de polícia

Polícia Civil recebe 120 novos escrivães e agentes de polícia

FOTO3.POLICIACIVILProfissionais foram empossados pelo governador Jackson Barreto na manhã desta quarta, 30

“Valeu a pena o investimento de R$ 1,5 milhão durante todo o período de formação dos novos policiais civis. E digo aos novos profissionais: precisamos muito dos senhores. Com a mesma expectativa que fizeram o concurso, e a partir da crença e capacidade de cada um, peço que façam dessa oportunidade e do cargo que obtiveram por competência pessoal, uma lição a serviço do governo, da sociedade e da segurança pública, e que transformem seus sonhos na felicidade do povo de nosso estado”. Foi com essas palavras que o governador Jackson Barreto empossou 120 novos policiais civis na manhã desta quarta-feira, 30. Os cem agentes de polícia judiciária substitutos e 20 escrivães foram aprovados no processo seletivo realizado em 2014 e passaram por formação na Academia de Polícia Civil (Acadepol), onde tiveram acesso a aulas de técnicas modernas de investigação, manejo e emprego de arma de fogo, inquérito policial, prática cartorial, entre outras atividades.

Os novos policiais civis serão destinados para o interior do estado, conforme afirma o secretário de Estado da Segurança Pública, João Batista, e terão jornada de trabalho de 40 horas semanais, com salário inicial de R$ 4.500. Dos 20 escrivães, quatro são pessoas com deficiência. E do total de aprovados ao cargo, 10 passarão a exercer a função a partir de 02 de maio deste ano, enquanto que os demais iniciarão as atividades a partir de 1º de junho. Já no cargo de agentes de polícia judiciária substitutos, dos 100 empossados, 13 são pessoas com deficiência. O início da função de 20 profissionais ocorre a partir de 02 de maio, mais 20 começarão em 1º de junho, 30 assumem as atividades em 1º de julho e os demais em 1º de agosto.

O governador Jackson Barreto afirmou que a Segurança Pública é preocupação e prioridade do Estado, que está realizando todo esforço possível para fortalecer a área. “O que precisamos é recuperar a saúde da Segurança Pública de Sergipe, e tenho feito esse esforço. Foi esse governo que fez concurso para a Polícia Civil, que há mais de 15 anos não tinha sido realizado. Fizemos um curso no qual qualificamos mais de 400 aprovados e agora estamos convocando o número previsto no edital. E fico feliz por todos terem participado da formação, recebido bolsa e com alimentação garantida. Estamos cumprindo mais uma etapa. Nossa preocupação e compromisso com a segurança continuam cada vez mais presentes”, frisou.

No fim de 2015, 460 candidatos do concurso participaram da solenidade de formatura que marcou o encerramento do Curso da Polícia Civil. Os alunos já haviam passado pelas duas primeiras fases do certame, que consistiam em uma prova escrita, realizada em novembro de 2014, sobre conhecimentos gerais e específicos; e a segunda etapa, eliminatória, uma prova de capacidade física e realização de exame psicotécnico. A formação seguiu a Matriz Curricular Nacional de Segurança Pública elaborada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (Senasp/MJ).

O secretário João Batista acredita que a chegada dos novos 120 policiais civis melhora a perspectiva da população com relação à Segurança Pública. “Esses novos policiais vão dar um gás muito grande. E o que está acontecendo hoje é um resgate da identidade e reconstrução da Polícia Civil. Tínhamos 15 anos sem concurso público na área e hoje é um momento histórico. Entendemos o que o Estado vem passando em termos de dificuldades financeiras, mas o governo vem trabalhando de forma firme para tentar minorar a questão da violência, principalmente equipando as polícias e melhorando a questão de recursos humanos”, ressaltou.

Para realizar a formação dos 460 candidatos aos cargos de agente de polícia judiciária e escrivães, o Governo do Estado viabilizou a quantia de R$ 1,5 milhão. A verba foi gasta com a aquisição de diversos materiais, como: 200 novas armas, entre carabinas de calibre .30 e .40 para treinamento; 100 mil munições de treinamento; coldres de cintura ostensivo; equipamentos de proteção e segurança individual; fardamento; ajuda de custo (bolsa) para os alunos em formação; além do fornecimento de alimentação.

“A preparação foi excelente. Tivemos um curso de alto nível, que acredito estar entre uns dos melhores do país. Não tivemos formação focada somente na investigação, e houve parceria com os Ministérios Públicos Federal e Estadual, Polícia Federal, Justiça Estadual, Polícia Rodoviária Federal e com a Polícia Militar. Foi um trabalho de integração maravilhoso”, declarou a escrivã empossada Gessica Santana, que conta nutrir o sonho de seguir na profissão desde a adolescência.
Já o novo agente de polícia judiciária João Henrique Batista conta que seu objetivo é oferecer a melhor contribuição possível, de modo a reduzir a criminalidade do estado, as taxas de homicídio e promover o aumento da sensação de segurança da população.

“Com esses novos agentes, o Governo de Sergipe praticamente dobra a capacidade da Polícia Civil no interior do estado. Atualmente, temos cerca de 150 agentes no interior já de maior idade e próximos da aposentadoria. Agora injetamos sangue novo e com esperança de excelentes resultados. São profissionais jovens, bem capacitados e temos uma expectativa muito positiva com relação ao trabalho deles”, destacou o delegado geral da Polícia Civil, Alessandro Vieira.

Ações na área de segurança

No dia 23 de fevereiro, o governador promoveu o retorno de 15 agentes de polícia judiciária que haviam sido aprovados no concurso realizado em 2001. Cerca de dez anos após suas nomeações e posses, e com os servidores já tendo ultrapassado o período de estágio probatório, decisão do STJ levou ao desligamento deles em 2011. Os profissionais não foram aprovados na prova de aptidão física e, por meio de Mandado de Segurança, obtiveram êxito em 1ª e 2ª Instâncias, em razão de conseguirem passar nas demais etapas do certame.

Já no dia 07 de março, o Governo do Estado realizou solenidade de posse 357 alunos do Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar. Foi a segunda turma que ingressou na PMSE do concurso realizado em 2014. Em 06 de janeiro de 2015, aconteceu a formatura da primeira turma, formada por 657 novos soldados. A incorporação de mais de 1.000 novos profissionais honra um compromisso firmado pelo governador de entregar à sociedade uma PM bem aparelhada e com acréscimo de efetivo.

Para a área de Perícia Criminal foram nomeados 34 profissionais, classificados em concurso público para as carreiras de atividades periciais da Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp) da SSP. Os novos servidores foram contratados para trabalhar nos Institutos de Criminalística, Médico Legal, de Identificação e de Análise e Pesquisa Forense (IAPF).

Presenças

Compareceram a solenidade: o vice-governador, Belivaldo Chagas; secretários de Estado de Planejamento, João Augusto Gama, da Educação, Jorge Carvalho, Comunicação, Sales Neto e Turismo, Adilson Júnior; comandante geral dos Bombeiros, coronel Reginaldo Dória; representando o Ministério Público de Sergipe, promotor João Rodrigues Neto; representante da Polícia Federal de Sergipe delegado Márcio André; prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Fábio Henrique; superintendentes executivos da SSP, José Pereira, da Seplag, Lucivanda Nunes, da Fazenda, Cristina Prado, e da Seinfra, Ubirajara Barreto; diretora de segurança do TJ, Katarina Feitoza; representante do comando geral da PM, coronel Paiva; diretor administrativo da Agrese, Valmir de Santana; Coronel Eduardo Henrique Sanros, chefe do gabinete militar do Estado; corregedora da Polícia Civil, Érica Farias; e o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe, João Alexandre Fernandes.

Foto1: Polícia Civil recebe 120 novos escrivães e agentes de polícia / Fotos: Marcelle Cristinne/ASN
Foto 2: Jackson Barreto empossou 120 novos policiais civis na manhã desta quarta-feira, 30
Foto 3: Os novos policiais civis serão destinados para o interior do estado
Secretaria de Estado da Comunicação Social
Governo de Sergipe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


*