Capa » Jackson Barreto » Ministério do Trabalho mostra que Sergipe é líder na geração de emprego

Ministério do Trabalho mostra que Sergipe é líder na geração de emprego

Foram gerados 17.722 novos empregos formais em Sergipe entre abril de 2013 e março deste ano

sergipe trabalho

Dados do Ministério do Trabalho mostram que Sergipe foi o líder na geração de emprego no Brasil, em termos proporcionais, nos 12 meses completados em março, um percentual de 6,32%. A média do Brasil, 2,57% e a do Nordeste é 3,76%.

O assessor de economia do Governo do Estado, Ricardo Lacerda explicou que os números positivos decorrem do conjunto de fatores eficientes na atração de investimentos importantes para Sergipe. “A média de geração de emprego em Sergipe é praticamente o dobro do Brasil, 6,32% contra 2,57%. Entre abril de 2013 e março de 2014 geramos 17.722 novos empregos formais”, garantiu o economista. Os quatro primeiros lugares no ranking de geração do emprego formal nos últimos 12 meses são estados nordestinos: Sergipe, Paraíba, Ceará e Piauí.

Segundo Ricardo Lacerda, esse crescimento está presente em vários setores, a exemplo da construção civil, do comércio, do elétrico, do mecânico com a chegada da Yasaki que trouxe quase mil empregos. Na área de Call Center, com a AlmaViva que gerou cinco mil ocupações. “Até setores tradicionais, como o têxtil, voltou a contratar. Mesmo quando as outras pessoas falam em crise, estamos efetivos e eficientes na geração de emprego que é a coisa mais importante, pois dá oportunidade, dignidade e renda à população”, destacou.

Números

A indústria de transformação criou 3.553 novos empregos, com destaque para indústria química, com a retomada da atividade sucroalcooleira, 2.045 empregos em 12 meses. Mas a indústria de material elétrico, a indústria mecânica e a indústria têxtil também contrataram números expressivos de trabalhadores no último ano. O comércio gerou 2.455 novos empregos formais, e a construção civil 1.184.

O setor de serviços contratou 9.765 novos empregos formais em 12 meses. Os serviços técnicos (destaque do Call Center) gerou 4.833 ocupações. O setor de saúde e a cadeia produtiva do turismo são também destaques na geração de emprego, 1.965 e 1.771, respectivamente.

Atento

O trabalho do Governo do Estado em trazer mais empresas para Sergipe não pára. Até o final deste ano, o Grupo Atento entra em funcionamento na cidade São Cristóvão, no bairro Rosa Elze. Com a presença da empresa em solo sergipano, mais dois mil empregos serão gerados e mais pessoas se formalizam.

“Na medida em que a população passa a ter emprego com carteira assinada, com rendimento mensal, tem também acesso a bens de consumo, como televisão, geladeira, entre outros. Além de garantir alimentação mais saudável para sua família e impulsionar o comércio local, a região passa a ser favorecida”, observou Lacerda.

Dirigentes do Grupo Atento, maior rede de Call Center do País, já estiveram conversando com o governador Jackson Barreto no dia 13 de janeiro deste ano. O encontro que aconteceu no Palácio dos Despachos teve o intuito de apresentar oficialmente o projeto de implantação do Call Center, que terá capacidade para gerar aproximadamente 6 mil empregos diretos.

“Cada vez mais Sergipe ganha espaço e demonstra ao Brasil que é um estado de oportunidades. O projeto apresentado pelo Grupo Atento representa um investimento de R$ 50 milhões”, destacou Jackson, que na oportunidade conversou diretamente com o vice-presidente da Atento Brasil, Régis Noronha.

Segundo o governador, os empresários optaram pela escolha do município de Aracaju para sediar a nova unidade. “A empresa tem uma estratégia com um diferencial: não apenas empregar jovens, mas também pessoas da terceira idade. Eu acredito que é uma estratégia muito competente porque amplia a mão de obra e não rivaliza com outras empresas”, acrescentou.

Confiança

De acordo com Ricardo Lacerda, os grandes investidores e empresários têm demonstrado muita confiança em Sergipe. “Além do desejo de atender o Estado e também o Nordeste, eles colocam o tratamento do Governo do Estado, com uma relação ágil e sadia como destaque para trazer suas empresas”, contou.

Fonte: agencia.se.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


*