Capa » Jackson Barreto » Jackson recebe apoio de professores da UFS

Jackson recebe apoio de professores da UFS

JacksonUm grupo de professores da Universidade Federal de Sergipe (UFS) declarou apoio à candidatura de Jackson Barreto (PMDB). Os docentes entregaram ao governador um documento intitulado “Propostas do Grupo da UFS em apoio ao candidato Jackson Barreto”, com sugestões para fortalecer a rede estadual de ensino e garantir um ensino superior democrático e cada vez mais includente.

“Para cumprir com esses desafios, o MEC subsidia a UFS, inclusive através de bolsas para alunos e professores no desenvolvimento de projetos junto às escolas da rede pública, e o sistema de cotas vem rompendo com a história de exclusão, criando a acessibilidade aos diferentes grupos que, até então se encontravam à margem do Ensino Superior. Esse desafio requer uma reorganização no conhecimento, na formação e na prática político-pedagógica”, diz o documento, que propõe estratégias para “recuperar a imagem da escola pública atual e a oferta de um ensino de qualidade à população”.

O documento é assinado pelo ex-reitor Eduardo Conde Garcia e pelos professores Etelvina Maria, Iara Campelo, Joelina Souza Menezes, Jonatas Silva, Jorge Carvalho Nascimento, José Lima Santana, José Paulino da Silva, Judite Oliveira Aragão, Jussara Jacinto, Lianna de Melo e Ricardo Lacerda. Eles defendem a ação conjunta da Secretaria de Estado da Educação e da UFS para a formação continuada de professores e coordenadores pedagógicos do ensino médio, além de ações para superar “a divergência entre ações UFS/Secretaria de Educação/Escolas para a execução de projetos financiados pelo MEC”, a exemplo do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) e o Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio.

Entre as propostas apresentadas estão a realização de Congresso Estadual de Alfabetização e do Ensino Médio; constituição de um Fórum Permanente de Educação; construção do Museu da Infância; estabelecer parceria entre a Universidade Federal e a rede estadual para a realização de estudos e pesquisas que subsidiem a política pública de educação do Estado; e ações voltadas para a orientação e superação da violência.

Jackson Barreto ficou satisfeito que professores da UFS declarem apoio à sua reeleição. “É um eleitorado qualificado e exigente, o que só aumenta a nossa responsabilidade como governador e candidato à reeleição. Mas fico feliz por saber que eles estão do lado dos que querem o bem do Estado e acreditam no nosso projeto”, disse, lembrando que é um egresso da Universidade Federal, onde se formou em Direito e onde iniciou a sua militância política, defendendo as liberdades democráticas.

Investimentos

O governo do Estado já investiu mais de R$ 200 milhões em educação. Os recursos financeiros foram destinados à reforma e ampliação de escolas, distribuição de tablets entre alunos e professores, reforma de 123 bibliotecas, concurso e contratação de 2.830 novos professores, implantação do Piso Salarial do Magistério.

Para a próxima gestão, o plano de governo de Jackson Barreto prevê a manutenção da política de valorização do magistério; a interiorização da Universidade Federal, com novos campi e programas nos municípios e o combate à violência contra as escolas com a Criação de Companhia Escolar da Polícia Militar, apoio da Polícia Civil e capacitação dos 1.500 vigilantes.

Ensino técnico

Interiorizar o ensino técnico e superior é promover mudanças na economia dos municípios e abrir perspectivas para a sua população. O governo do Estado trabalha para que nos próximos anos, Sergipe tenha pelo menos uma escola profissionalizante em cada um dos seus oito territórios. Com a unidade de ensino de Petróleo e Gás no município de Carmópolis, inaugurada em junho, os sergipanos contam com seis unidades de escolas profissionalizantes: Neópolis (CEEP Agonalto Pacheco), Aracaju (CEEP José Figueiredo Barreto e Conservatório de Música), Poço Redondo (CEEP Dom José Brandão de Castro), Boquim (CEEP Maria Fontes de Faria – Dona Marieta) e Japoatã (Escola Família Agrícola de Ladeirinhas).

O governador Jackson Barreto é um entusiasta da expansão da Universidade Federal de Sergipe para o interior, tendo participação decisiva na criação do futuro Campus do Sertão em Nossa Senhora da Glória, que concentrará cursos das ciências agrárias, como Zootecnia, Agronomia e Medicina Veterinária. Além do tradicional Campus de São Cristóvão e do Hospital Universitário em Aracaju, a UFS já possui campi em Laranjeiras, Itabaiana e Lagarto, onde o governador trabalha para transformar o hospital regional num novo hospital universitário, já que aquele é um Campus da Saúde, abrigando inclusive curso de Medicina.

Foto: Victor Ribeiro

– See more at: http://jacksongovernador15.com.br/v1/jackson-recebe-apoio-de-professores-da-ufs/#sthash.2ianGyE2.dpuf

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


*