Warning: Declaration of tie_mega_menu_walker::start_el(&$output, $item, $depth, $args) should be compatible with Walker_Nav_Menu::start_el(&$output, $item, $depth = 0, $args = Array, $id = 0) in /home/pmdbse/www/wp-content/themes/formulando/functions/theme-functions.php on line 1942
Jackson Barreto participa de celebração de 48 anos de sacerdócio de Dom Lessa | PMDB-SE
Capa » Ação 15 » Jackson Barreto participa de celebração de 48 anos de sacerdócio de Dom Lessa

Jackson Barreto participa de celebração de 48 anos de sacerdócio de Dom Lessa

jackson

Missa solene ocorreu na catedral de Aracaju e foi marcada por declarações sobre trajetória do arcebispo metropolitano

Na manhã deste sábado, 02, o governador Jackson Barreto participou da missa solene em ação de graças pelos 48 anos de vida Sacerdotal do Arcebispo Metropolitano Dom José Palmeira Lessa. A celebração, realizada na catedral de Aracaju, foi marcada por declarações de membros das Igrejas Católica e Evangélica sobre a trajetória de Dom Lessa, assim como homenagens.

“É um júbilo para todos nós esses 48 anos de vida sacerdotal de Dom Lessa. Afinal de contas, é uma vida consagrada a Deus e a Igreja Católica. Ele não só nos conforta e ajuda em conflitos sociais, como amplia os espaços da Igreja. Estou aqui para comemorar essa data e dizer, como católico, que temos muito que agradecer a Dom Lessa. Que Deus conceda para ele muita saúde. Temos que reconhecer pela vida que ele ofereceu aos trabalhos da arquidiocese de Aracaju”, destacou o governador.

O arcebispo coadjutor Dom João José Costa ressaltou que, devido a uma intensa trajetória de trabalho de Dom Lessa à Igreja, são inúmeros os benefícios e ações realizadas por ele, como celebrações de batismos, crismas e ordenações matrimoniais, e concessões de sagrada eucaristia, absolvição dos pecados, sacramento da unção dos enfermos e de bênçãos matrimoniais.

“Sinto-me pequeno para falar de um homem tão grande como Dom Lessa. Estou aqui para agradecer a Deus pelos 48 anos de vida sacerdotal dele. Temos que louvar e agradecer pela vida e missão de Dom Lessa. A gente vê que ele é homem de Deus, incansável e servidor do povo. Dom Lessa está sempre pronto para qualquer necessidade. É nossa fonte de inspiração e tem sensibilidade para com os pobres, estando sempre presente para que a Igreja cumpra sua função humana”, disse Dom João.

O pastor Valdemar também participou da celebração, e fez questão de comentar sobre a importância de Dom Lessa e o exemplo que ele oferece como cristão. “A comunidade evangélica também se alegra desse momento especial. Esse é um homem de Deus que há 48 anos luta seguindo os passos do mestre e distribuindo amor, bondade e graças. Reconheço, em nome do segmento o qual represento, o trabalho notório, marcante e indispensável que Dom Lessa vem exercendo. Precisamos nos espelhar nos exemplos dele para continuar lutando em defesa da paz, justiça social e da família”.

Para o pároco da catedral, padre Manoel Barbosa, Dom Lessa dedicou sua história à vida sacerdotal, é inspiração para quem está em busca de bons exemplos, inclusive missionários, e está sempre comprometido com a causa do evangelho. “Em nome da paróquia Nossa Senhora da Conceição e da arquidiocese, quero dizer que nossos corações se enchem de ação de graças e louvor por esse momento. Ele tem dimensão humana, é cordial, solidário, acolhedor e se faz um de nós. Louvamos a Deus por sua preocupação pastoral”, complementou.

Dom Lessa agradeceu a todos pelas palavras dedicadas em sua homenagem, e relembrou de alguns religiosos que passaram por sua trajetória, a exemplo de Dom Jaime, que estava presente na celebração e conta com um pouco mais de nove décadas de vida. Em sua declaração, o arcebispo disse que seu crescimento junto à igreja católica só foi possível graças ao apoio dos demais religiosos, que sempre o apoiaram e forneceram conhecimento. Dom Lessa também declarou que é preciso viver a caridade, que se configura como expressão de Deus, e falou sobre a importância de Nossa Senhora.

“Sei que sou pecador, mas agradeço a Nossa Senhora pela fé em Deus. A fé dela não exclui ninguém, é universal e abraça a todos. E a igreja de Jesus é unidade. Então vamos abrir nosso coração e a convicção de nossa fé, e abrir o leque de relação também com os demais irmãos, como os evangélicos”, disse o arcebispo.

Dom Lessa nasceu em 1942 e é natural de Coruripe, Alagoas. Participou do movimento sacerdotal em Roma, foi pároco de mais de 70 mil habitantes no Rio de Janeiro. Em 1988, aos 46 anos foi nomeado pelo papa João Paulo II como bispo salesiano de Propriá, e aos 54 anos foi nomeado arcebispo coadjutor de Aracaju, tendo, dois anos depois, sucedido Dom Luciano.

Segundo a irmã Morais, Dom Lessa tem vida marcada à luta pelas causas sociais. “Ele luta por uma vida melhor e socorre os necessitados. Para ele, servir à igreja é servir aos pobres. Sua ação pastoral contagia o próximo e ele se empenha diuturnamente para propagar o testemunho de Jesus. Dom Lessa é pastor que tem visão ampla da igreja. Suas atividades não se limitam apenas a Aracaju, de modo que ele visita as paróquias de norte a sul do estado. Dentre suas realizações, ele edificou e inaugurou o Seminário Maior de Nossa Senhora da Conceição, em Aracaju, criou e instalou 65 paróquias e, ainda, ordenou 134 presbíteros e 22 diáconos permanentes”, comentou.

A funcionária pública, Rita de Cássia dos Santos, considera o arcebispo como um exemplo a ser seguido. “Ele foi uma pessoa bem escolhida e abençoada para liderar nossa arquidiocese. O parabenizo por esse dia. Ele é uma figura carismática, faz questão de apertar a mão de todo mundo na saída das celebrações, gesto que ele faz há anos na catedral. É bom conviver com ele. Que Deus abençoe os 48 anos de seu sacerdócio”.

Acompanharam a celebração os deputados estaduais Padre Inaldo e Ana Lúcia, além de bispos sergipanos e de outros estados, e diáconos, padres, seminaristas, sacerdotes, religiosos e familiares do arcebispo Dom Lessa.

Fonte:  www.agencia.se.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

*