Capa » Ação 15 » Jackson Barreto participa da ordenação presbiteral do diácono José Lima Santana

Jackson Barreto participa da ordenação presbiteral do diácono José Lima Santana

Durante a cerimônia, diversos representantes de importantes entidades sociais e políticas estiveram presentes para prestigiar o novo sacerdote

Nesta sexta-feira, 09, o governador Jackson Barreto participou de uma missa especial na Igreja Matriz da Paróquia N. Sra. das Dores. Durante a celebração, comandada pelo o arcebispo titular da Arquidiocese de Aracaju, Dom José Palmeira Lessa, o diácono José Lima Santana foi ordenado presbítero da Igreja Católica.

O arcebispo comemorou a conquista do novo sacerdote. “Nos conhecemos há anos e, para mim, é uma alegria muito grande conceder o sacerdócio a ele. Hoje ele foi ungido na graça de Cristo e a grande missão da vida dele começa agora. Que as pessoas possam ver e sentir através dele os mistérios de Deus, pois quem decide trilhar verdadeiramente esse caminho, tem tudo para ser instrumento divino”, afirmou.

Para o governador, essa consagração foi benéfica não apenas para a sociedade, mas também para a própria instituição religiosa. “É um grande ganho para a Igreja ter um padre tão competente e intelectual, pois foi com o trabalho de homens como ele que ela cresceu. Acredito que não precisamos buscar justificativas para explicar as coisas de Deus. Aquilo que Ele decide para os homens, nós temos que aceitar. José Lima está seguindo uma vocação guardada dentro de si há muitos anos. Foi uma vida inteira de preparação para servir a Deus e, finalmente, esse dia chegou. Estou muito feliz”, declarou.

Dom José Palmeira Lessa disse ainda que o novo padre é um homem que sempre levou Deus no coração. “Além de ajudar muito os pobres e sofridos, ele atuou como grande líder religioso na juventude e formou muitos cristãos. Como professor universitário, ajudou a formar também inúmeras consciências em prol do exercício ético profissional. Mas o Pai tinha outros planos para ele e, apesar de ter realizado tantas coisas boas durante sua vida, Deus o queria realmente como sacerdote, e assim o tornou e o abençoou, como fez com os apóstolos”, revelou.

Planos que visivelmente encheram de alegria o novo presbítero, e o fizeram agradecer aos que tanto torceram pelo sucesso dele nessa nova trajetória. “Muito me honra a presença do governador Jackson Barreto, pois fui secretário municipal durante a administração dele em Aracaju. Na verdade, estou grato a todos que me prestigiaram. Agradeço muito aos meus familiares, principalmente à minha mãe, ao arcebispo Dom José Palmeira Lessa, por ter redescoberto minha vocação e, sobretudo, a Deus pelo dom da vida e pela paciência de ter me esperado por todo esse tempo. Hoje, abro mão de tudo para seguir o caminho de Jesus, sem ansiedades, arrependimentos ou temores. A única coisa que sinto nesse momento é a mais plena felicidade”, confessou.

José Lima Santana

Graduado em Direito, especialista em Metodologia do Ensino, mestre em Direito e Doutorando em Educação, José Lima Santana atuou como advogado por 36 anos. É professor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), membro da Academia Sergipana de Letras e da Academia Sergipana de Letras Jurídicas, da qual foi vice-presidente. Sócio efetivo do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, autor e coautor de vários livros literários e jurídicos. Atuou também como técnico concursado do Tribunal de Contas do Estado, diretor (Financeiro, Administrativo e presidente) da Deso, secretário de Administração, de Governo e Superintendente da SMTU (atual SMTT).

Foi juiz do Tribunal Regional Eleitoral, presidente do Ipes e secretário de Estado da Saúde, dentre outros cargos e funções, exercidos desde 1973. Além de professor no Departamento de Direito da UFS, era coordenador de Relações Institucionais da Universidade e vice-presidente da Diretoria Geral da Campanha Nacional de Escolas da Comunidade – CNEC, com sede em João Pessoa e escritório de representação em Brasília – entidade sem fins econômicos que mantém um Centro Universitário, 18 Faculdades e dezenas de Colégios em 18 estados da Federação.

Em 2012, incentivado pelo arcebispo metropolitano, Dom José Palmeira Lessa, passou a estudar Teologia no Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição, sendo ordenado diácono em junho de 2016.

Presenças

Estiveram presentes à solenidade, o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), deputado estadual Luciano Bispo, o presidente da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), Almeida Lima, o reitor da Universidade Federal de Sergipe, Angelo Antoniolli, os membros da Academia sergipana de letras Domingos Pascoal e Antônio Saracura, diversos juízes de Direito, promotores de Justiça e representantes políticos, muitos deles colegas de profissão do sacerdote.

Fonte: ASN

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


*