Capa » Ação 15 » Jackson Barreto autoriza serviço para levar água a 19 municípios

Jackson Barreto autoriza serviço para levar água a 19 municípios

Intervenção do Governo do Estado vai proporcionar implantação de 45 poços, que vão atender a 40 localidades e beneficiar 1.920 famílias- Foto- Victor Ribeiro-ASN

Serão implantados 45 poços, que vão atender a 40 localidades e beneficiar 1.920 famílias

Foto: Victor Ribeiro/ASN (para acessar mais fotos, clique aqui

O governador Jackson Barreto esteve nesta quinta-feira, 30, no assentamento Caraíbas, em Japaratuba para assinar ordem de serviço para implantação de 45 poços, que vão atender a 40 localidades de 19 municípios sergipanos. Ao todo, 1.920 famílias serão beneficiadas e terão água não só para consumo em suas casas, como para a produção agrícola e alimentação animal. O investimento na implantação dos poços foi de R$ 5.280.000, sendo R$ 264.000 de contrapartida estadual.

No assentamento Caraíbas, 133 famílias serão beneficiadas. O governador conta que recebeu a reivindicação das famílias da comunidade, solicitando acesso à água, há três semanas, ocasião em que estava no município na realização do programa Governo em Ação. Ele destaca que, pouco tempo depois, retornou para cumprir a promessa e oferecer, em, no máximo 15 dias, aos moradores da localidade água diretamente em suas casas. O assentamento recebeu um poço com vazão de 5 mil litros e, a pedido do prefeito Hélio Sobral e da população, irá ganhar outro poço, a ser perfurado em breve pela Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro).

“Estou aqui hoje ao lado do secretário de Agricultura, Esmeraldo Leal, do deputado federal João Daniel, do prefeito e companheiros pagando a promessa que fiz há três semanas, quando estive em Japaratuba levando ações do governo. Recebi a cobrança, repassei a Cohidro e a Deso, e agora estamos aqui realizando sonhos. Lembro-me que da última vez que estive aqui, Hélio e uma comissão de moradores do assentamento disseram que estava tudo bem, mas que a comunidade não podia ficar sem água. Esse é um projeto em que o governo já trabalhava há muito tempo. Fizemos esforço para comprar a máquina de perfurar poços, e quero que todos vocês saibam que para mim isso não é gasto, é investimento que se faz para o povo, principalmente o mais pobre, mas que tem dignidade. O governo tem que fazer sua parte e ter compromisso social, afinal, esse é um assentamento que tem uma história bonita, com 133 famílias produzindo e que moram em casas com dignidade”, comentou Jackson Barreto.

O governador lembrou, na ocasião, do padre Geraldo, que o acompanhou em diversos momentos, inclusive nas idas ao assentamento Caraíbas. “Estive aqui por três vezes na companhia do saudoso padre Geraldo: na luta pela terra, entrega das casas e assinatura do decreto de desapropriação, e agora em virtude da água. Tinha pensado em não falar nele, mas a gente não pode estar num assentamento vitorioso como esse, que sempre foi marca de história e luta do padre, e não falar em seu nome. Foi com ele e João Daniel que estive aqui pela primeira vez e as conquistas do povo sempre foram a alma e o coração do padre Geraldo”, recordou.

Do valor investido, R$ 3.153.043,37 são destinados à construção e instalação dos sistemas simplificados. A intervenção está inserida no Programa Água para Todos, parceria entre Governo de Sergipe e Ministério da Integração Nacional, e proporciona a construção e instalação de 40 sistemas de abastecimento simplificado em quase 20 municípios. Esta é a segunda etapa da implementação dos sistemas, visto que já houve, inicialmente, levantamento socioeconômico que identificou as localidades para receber os poços, e também a perfuração.

A agricultora Maria Angélica Sena dos Santos comemorou a intervenção do Governo do Estado no assentamento. “A chegada da água vai melhorar muito nossa vida e estamos muito felizes. Vamos usar não só na horta, como para tomar banho, lavar roupa e dar para os animais. Agradeço muito ao governador por isso”, declarou, comentando que a água vai ajudar na plantação de milho, amendoim, feijão de corda e de algumas árvores frutíferas cultivadas na região.

Já o trabalhador rural José Laurentino Silva comentou que, anteriormente, era necessário buscar água em poços muito longe e que ele e os demais se deslocavam de carroça. “Essa água chega em boa hora e vai direto para dentro de casa. Estamos todos felizes por isso. Vai melhorar muito nossa situação”, resumiu. Além do assentamento Caraíbas, as comunidades de Encruzilhadas, Araticum e Curral dos Bois, em Japaratuba, também receberam poços.

“Digo às comunidades que estou muito feliz. É algo que a população aguardava há muito tempo. Espero que a gente continue arranjando dinheiro para fortalecer este setor que é tão produtivo e que faz a diferença, pois dá dignidade as pessoas que estão aqui trabalhando”, disse Jackson Barreto, que na solenidade de assinatura da ordem de serviço recebeu documentos com reivindicações da comunidade e ouviu alguns relatos, como o do presidente da Associação Cooperativa Agrícola do Assentamento Caraíbas, Felix Ogino. Além de pedir mais apoio ao governo, o representante destacou que a chegada de água encanada é um momento importante para a comunidade, que foi ocupada em 2000 e, há oito anos, se configura como assentamento.

O diretor presidente da Cohidro, José Carlos Felizola Filho, destacou que o sistema permitirá que a água seja não só captada, como armazenada e distribuída para cada uma das casas dos produtores rurais. “Mais do que o governador trazer água, ele traz dignidade para os moradores dessa comunidade. E quando Jackson escolheu as localidades para receber os poços, não perguntou valores e só pensou no benefício social para esse povo. E é esse o compromisso do seu governo: levar água para a população e estar ao lado das pessoas carentes, necessitadas e que levam esse país nas costas”.

O prefeito Hélio Sobral agradeceu o compromisso firmado pelo governador em promover mais condições para os moradores rurais. “Agradeço ao governador por sempre ter olhado com bons olhos para Japaratuba, município que, nas administrações estaduais de Déda e Jackson Barreto, tem visto mais progresso para seu povo. Jackson desde que assumiu, ainda como vice, vem trazendo seu trabalho para provar ao povo daqui que Japaratuba está no coração dele, e que o município está crescendo. Ele está trazendo uma das obras mais importantes. Imaginem estarmos em pleno século 21 e a comunidade de Caraíbas estar sem água encanada nas casas? Então o governador, preocupado com o assentamento, assinou hoje a ordem de serviço”, relatou.

O gestor municipal destacou ainda que o Governo de Sergipe é fundamental para os municípios sergipanos, pois, devido à situação difícil, é o Estado quem promove ajuda e a realização de diversas obras que levam qualidade de vida para a população. “Em virtude de tudo isso, queremos agradecer do fundo do coração a Jackson, e destaco como é importante para uma administração municipal, que enfrenta uma crise como essa, ter o apoio integral do Governo do Estado. Sem o apoio do governo, não conseguimos fazer nada. É importante que o Estado e município caminhem sempre juntos para que o progresso chegue até as comunidades”. Hélio Sobral também ressaltou que, além de levar água para quatro comunidades, o governador autorizou o Departamento de Estradas e Rodagens a colocar piçarra em todas as ruas do Caraíbas [serviço que já está em execução]. Além disso, ele contou que Jackson anistiou o pagamento de contas de água atrasadas de três comunidades, que não tinham condições de pagar e agora quitam apenas a taxa mínima da fatura. “Isso é que é governo preocupado com o povo, é uma administração que pensa nos mais carentes. O governador também traz 20 mil m² de asfaltamento para a sede do município, o povoado São José e a comunidade Patioba”, complementou.

O governador comentou sobre a questão financeira e destacou que as dificuldades levaram o município de Japaratuba a deixar de receber R$ 2.700.000 por mês dos royalties da Petrobras. “Tem sido um inferno para os prefeitos. Semana passada estava num debate no Ceará, sobre a situação dos estados do Nordeste, e dizia que o Estado paga o salário atrasado dos servidores, mas está pagando. A receita do Estado caiu e o governador tem que fazer os repasses constitucionais para os poderes Legislativo, Judiciário, o Ministério Público e Tribunal de Contas funcionarem. Tenho a responsabilidade de fazer obras e fazer o Estado funcionar. Estamos trabalhando. Todos os meses tenho que colocar R$ 100 milhões para cobrir o rombo da previdência. Um recurso que poderia ser direcionado à saúde do povo, à educação, mas temos que pagar, mesmo sendo um rombo pelo qual este governo não teve responsabilidade”, pontuou.

Sistemas de abastecimento

Através da implantação dos sistemas de abastecimento, serão atendidos os seguintes municípios: Frei Paulo, Japoatã, Muribeca, Ilha das Flores, Santana de São Francisco, Barra dos Coqueiros, Itaporanga, São Cristóvão, São Francisco, Poço Verde, Riachão, Divina Pastora, Japaratuba, Siriri, Estância, Indiaroba, Salgado, Santa Luzia do Itanhy e Tomar do Geru.

O programa Água para Todos é coordenado pelo Ministério da Integração Nacional e faz parte do Plano Brasil Sem Miséria. O objetivo é levar água para 750 mil famílias, principalmente do semiárido brasileiro, universalizando o acesso de água a populações carentes residentes em comunidades rurais, e para consumo animal. Em Sergipe, a iniciativa investirá R$ 14,4 milhões em 25 municípios, na perfuração e instalação de 107 sistemas de distribuição e abastecimento de água potável, sendo que, para a segunda fase de execução, já estão previstas a perfuração e instalação com rede de distribuição de 67 sistemas de abastecimento.

Agroindústria

Após assinatura da ordem de serviço, o governador deslocou-se para a Agroindústria de produção de bolos Doce Lar, situada no assentamento. O local, que agora está em espaço maior, é gerido por 30 pessoas da comunidade, sendo que 26 delas são mulheres, e também terá acesso a água encanada.

“Estamos dentro de uma agroindústria financiada pelo programa Terra Sol, do Incra. Conseguimos parceria com a Secretaria de Agricultura do Governo de Sergipe, na qual o Governo Federal vai disponibilizar mais recursos, com contrapartida do Estado, para atender a vários outros assentamentos. Ou seja, essa experiência daqui pode ser replicada em outras comunidades. Se conseguirmos todo o repasse, serão R$ 18 milhões. Com isso dá para atender assentamentos de comunidades de diversos municípios, principalmente do Alto Sertão e Baixo São Francisco”, explicou o secretário de Estado da Agricultura, Esmeraldo Leal.

O gestor da Agricultura comenta que foi feita uma análise do impacto econômico do antes e depois na vida das famílias ligadas a agroindústria, e que o resultado é de destaque, pois a situação desses moradores mudou completamente. Ele ainda disse que a água, que vai chegar não só às casas como à agroindústria, é de qualidade e soluciona um problema histórico, renovando o ânimo de todos que vivem no assentamento.

Presenças

Acompanharam a solenidade o deputado federal Fábio Reis; secretários de Estado da Inclusão, Marta Leão e Comunicação, Sales Neto; diretor presidente da Deso, Carlos Melo; prefeitos de Itaporanga, Maria das Graças Garcez, Siriri, Gervásio Moura, e Japoatã, Gimarcos de Alcântara; vereadores de Japaratuba, Luciano Acciole (presidente da Câmara), Carlinhos de Gerusa, Zizinho, Cizi da Saúde, Tenente, e de Propriá, Fernando Britto; secretários municipais de Agricultura de Japaratuba, José Alberto Menezes Mendonça, e de Japoatã, José Martins; diretores da Cohidro, Jorge Cléber (Administrativo/Financeiro), João Quintiliano (Irrigação), Paulo Henrique (Infraestrutura); primeira-dama de Japaratuba, Angélica Rocha; presidente da Cooperativa dos Agricultores Familiares do Assentamento Caraíbas, Natalino da Silva; presidente da associação  da Cooperativa Agrícola do Assentamento Caraíbas, Felix Ogino; e diretor da DER 4, José de Almeida.

————————————————–
Secretaria de Estado da Comunicação Social
Governo de Sergipe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


*