Capa » Ação 15 » Jackson assina convênio de estudos para duplicação da BR-235 com ministro dos Transportes

Jackson assina convênio de estudos para duplicação da BR-235 com ministro dos Transportes

 1b5b845e7ad8c092d66f8795dbfa689d
Em reunião com ministro dos Transportes, com diretores do DNIT e da Infraero, Jackson Barreto também tratou da retomada das obras na BR-101 e conclusão de ampliação da pista do aeroporto Santa Maria

A duplicação da BR-235, a começar pelo estudo técnico de Viabilidade para Concessão de Trecho da Rodovia, foi tema de audiência na manhã desta quarta-feira, 07, entre o governador Jackson Barreto, o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella e o diretor do Departamento Nacional de infraestrutura de Transportes (Dnit), Valter Casemiro Silveira e diretores da Infraero. Na ocasião, foi assinado convênio de Delegação de Competência da União para que Sergipe realize Estudo de Viabilidade para Concessão de trecho da Rodovia BR–235.

Com o convênio, a gestão estadual irá realizar estudos para encontrar um modelo de Parceria Público Privada (PPP) que viabilize a duplicação da BR-235, a partir da avenida Osvaldo Aranha (saída de Aracaju), até o acesso ao povoado Terra Dura, em Ribeirópolis, passando por Itabaiana.

Jackson Barreto avaliou positivamente o encontro. “Fomos informados pelo presidente do Dnit, Valter Casemiro, que haverá obras de reformas e manutenção na BR-235. Também recebemos as informações da retomada das obras dos trechos parados de duplicação da BR-101 nos lotes 1, que retoma de imediato, uma nova licitação do lote 2, que está parado, e a licitação para o lote 5 entre Estância e a divisa com a Bahia. Tratamos, ainda, das obras do aeroporto e ficou acertado uma reunião entre a Infraero e a empresa para a retomada das obras da pista. Foi uma reunião produtiva e com boas notícias”, disse.

“Viemos debater a delegação de competência para que o Estado possa lançar um procedimento para fazer o estudo de viabilidade técnico e econômica da BR-235. Caso tenha viabilidade, vamos estudar a futura concessão dessa rodovia, devido ao intenso fluxo de carro. Nossa expectativa é duplicar esse trecho para que a rodovia encontre com a BR-101, facilitando o escoamento de produtos para o porto Inácio Barbosa e região sul de Sergipe”, explicou o secretário de Estado de Infraestrutura, Valmor Barbosa.

Orçada em R$ 63 milhões, a duplicação da rodovia irá proporcionar a ligação do Agreste Sergipano à região sul e à Bahia, sem passar pela capital, facilitando o escoamento da produção da região, em especial de Itabaiana, centro de produção e distribuição de produtos agrícolas. Atualmente, a BR-235 é o principal eixo de integração da capital com o interior do estado, sendo também a principal ligação rodoviária com um dos principais polos turístico de Sergipe, o Cânion de Xingó, em Canindé de São Francisco.

BR-101

Durante audiência, o governador recebeu a garantia que, em janeiro, as obras da duplicação da BR-101 serão retomadas. Dividido em cinco lotes, os serviços de duplicação serão iniciados no lote 1, a partir da divisa com Alagoas, em Propriá, km 0 ao km 40. Em fevereiro, serão licitados os lotes 2 e 5, que compreendem as imediações de Capela até Pedra Branca, em Laranjeiras e o km 153 ao km 206,1, na divisa de Sergipe com a Bahia, em Cristinápolis, respectivamente.

As obras de duplicação da BR-101(inseridas no PAC 2), na região Nordeste, são o maior empreendimento rodoviário do país, atravessando cinco estados e perfazendo 861 quilômetros de extensão. A previsão de investimentos em Sergipe atinge a cifra aproximada de R$ 1 bilhão para a duplicação nos 190 km planejados, divididos em cinco lotes de pavimentação e mais quatro de construção de pontes e viadutos entre a divisa com Alagoas e a divisa com a Bahia. Ao final da obra, Sergipe terá 59% de sua malha de rodovias federais duplicada, do total de 320 km, sendo 204,3km na BR-101.

Aeroporto Santa Maria

O governador Jackson Barreto voltou a cobrar celeridade na conclusão das obras do aeroporto Santa Maria, em Aracaju. No encontro com o ministro dos Transportes, Jackson foi informado que a Infraero irá se reunir com a empresa responsável pela ampliação pista de pouso na próxima terça-feira, dia 13, para que os serviços sejam retomados. O gestor lembrou que falta 20% da obra, cerca de R$ 20 milhões para o término da obra.

No último dia 23, o chefe do Executivo Estadual reuniu-se com o presidente nacional da Infraero, Antônio Claret de Oliveira, para tratar do tema. Na ocasião, o governador lembrou a emenda impositiva que já existe para a Infraero, no valor de R$ 100 milhões, ressaltando que uma parte dessa emenda seria suficiente para a retomada das obras da pista do aeroporto. “Fui questionar o porquê da Infraero não trabalhar a liberação desta emenda que é impositiva, ou seja, ela tem a garantia da liberação de recursos”.

Presenças

Participaram da audiência o assessor do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Eduardo Praça; o chefe da Assessoria Parlamentar da Infraero, Cristiano Robério; o diretor de Engenharia e Meio Ambiente da Infraero, Rogério Barzellay; o secretário de Fomento para Ações de Transportes, Dino Antunes e o secretário de Estado de Comunicação, Sales Neto.

 

Fonte: ASN

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


*