Capa » Jackson Barreto » Governador entrega Orla Pedro Paes Mendonça em Moita Bonita

Governador entrega Orla Pedro Paes Mendonça em Moita Bonita

Com um investimento de R$ 1.462.718,58 , o local oferece equipamentos de lazer e práticas esportivas, além de gerar mais segurança à população. Após a solenidade, Jackson visitou a fundação Paes Mendonça na Serra do Machado

“Pedro Paes Mendonça foi aquele que teve a ousadia de não apenas sonhar, mas de fazer tornar realidade. Moita Bonita é a cidade que ele pensou: bela, progressista e humana”, declarou o governador Jackson Barreto, neste domingo, 22, ao inaugurar o novo cartão postal de Moita Bonita, que leva o nome de seu primeiro prefeito: Pedro Paes Mendonça. Com recursos na ordem de R$1.462.718,58, provenientes do Programa Sergipe Cidades, o espaço conta com playground, equipamentos de ginástica, deck de madeira e paisagismo, em uma área de 450 m².

Em seu discurso, Jackson exaltou ainda a administração do município e enumerou o trabalho que o Governo do Estado tem feito em prol de Moita Bonita. “Fizemos a rodovia ligando Moita Bonita e Santa Rosa de Lima, criando uma nova área de mobilidade, ligando aos demais municípios da região do Cotinguiba. Temos ajudado com obras, com pavimentação, asfalto e sempre na crença da competência do prefeito Marcos. Sinto-me gratificado de estar aqui ao seu lado, ao lado de Bosco Costa, de todos vocês, porque na verdade vocês são apaixonados pelo município e nós temos que ajudar Moita Bonita a trabalhar e eu fico feliz de ver a cidade alegre e bonita. Que Santa Terezinha e Jesus continuem abençoando esse município”.

“Essa orla é um grande espaço de lazer para Moita Bonita, além da beleza que trouxe para a entrada da cidade. Era um local que tinha muito mato e esgoto a céu aberto e nós, graças a Deus e com a ajuda do governo do Estado, conseguimos revitalizar essa área. Hoje é o espaço de lazer mais importante de Moita Bonita. É um orgulho para cidade ter uma orla como essa. E me sinto feliz do espaço levar o nome do fundador de Moita Bonita, nada mais do que justo”, afirmou o prefeito Marcos Costa.

A opinião também foi reforçada pelo deputado federal e ex-prefeito do município, Bosco Costa. “Pedro Paes Mendonça teve a ideia de criar o município quando tinha apenas quatro casas aqui no aglomerado de Moita Bonita e se não fosse a atitude de Pedro Paes Mendonça, Moita Bonita ainda seria um povoado de Itabaiana. Por isso, hoje o cartão postal de Moita leva seu nome. É uma questão de justiça e gratidão”.

“É um enorme orgulho, misto de emoção que eu participo deste evento, em uma cidade que foi inicialmente implantada através do projeto de 1963, de autoria do meu pai, então deputado estadual, quando desmembrou do município de Itabaiana esta localidade, que tinha apenas quatro casas. Ele era um sonhador, sonhou o que poderia acontecer e vocês nesse momento estão colhendo essa decisão. Eu vim de carro e fiquei extremamente feliz pelo que eu vi: uma cidade dinâmica, limpa, arborizada. O que resta para mim em nome de minha família é agradecer a homenagem feita a meu pai, um sonhador, um homem que saiu da Serra do Machado e criou a terceira rede de supermercado do Brasil. Eu queria em nome de toda a família agradecer à Moita Bonita por essa honra que vocês nos prestam, tenho certeza que meu pai, lá do céu, está sorridente e vibrando com o progresso de Moita Bonita”, disse o filho do homenageado, o empresário João Carlos Paes Mendonça.

Cartão Postal

De acordo com o secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, mais do que criar um espaço de lazer para o município, o objetivo da obra era de dialogar com a beleza natural de Moita Bonita. “Esse era um local um tanto esquecido, mas sempre foi bonito. E o que nós fizemos foi um projeto para dialogar com a paisagem, criando as condições para contemplação, para atividades culturais, eventos, para a prática de atividades físicas. Trouxemos para Moita Bonita um cartão postal”, destacou.

Apesar da recente inauguração, o município já vem colhendo frutos com a obra, como afirma a comerciante Terezinha Góis, que tem visto o movimento de seus estabelecimentos aumentarem em função da nova orla.

“Eu só tenho a comemorar. Desde a construção da orla, as pessoas frequentam mais a região durante o final de semana. As pessoas vão à orla e depois compram o lanche aqui”, explicou Terezinha Souza Góis, proprietária de padaria.

Quem também credita o aumento de sua clientela à orla é Jaciel Mendonça Costa, que administra o restaurante da família. “Desde o início das obras, percebi um aumento do movimento por aqui e que continuou. As pessoas ouviam dizer que aqui tinha uma orla e já queriam visitar. As pessoas que moram aqui na região, vão lá conhecer e passear na orla e depois acabam vindo jantar aqui”.

Além de impulsionar os negócios locais, a orla melhorou também a qualidade de vida de quem mora no entorno, como é o caso do lavrador aposentado, Veríssimo Antônio de Góis. Essa obra foi muito importante para Moita Bonita. A gente vivia desprezado, tinha muito mato aqui.  A orla valorizou as casas, trouxe mais segurança e lazer que a gente não tinha. Hoje meus netos têm um lugar para brincar”.

Após a inauguração da orla, o governador participou da inauguração da urbanização do calçadão da Avenida Euclides Paes Mendonça (realizada com recursos do município) e posteriormente, foi para Serra do Machado, onde assistiu à Missa de São Sebastião e conheceu as instalações da Fundação Pedro Paes Mendonça.

Presenças

Estiveram presentes o secretário de Estado da Comunicação Social, Sales Neto; o deputado federal Fábio Reis; o prefeito de Santa Rosa de Lima, Luiz Roberto Júnior; o ex-governador Albano Franco;  a ex-vereadora de Aracaju, Miriam Ribeiro, a ex-prefeita de Itaporanga D’Ajuda, Gracinha Garcez; o presidente do DER, Antônio Vasconcelos; o diretor-presidente da Cehop, Caetano Quaranta e o superintendente da Seinfra, Ubirajara Barreto.

 

Fonte: ASN

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


*