Capa » Ação 15 » Governador entrega documentação de casas do Porto D’anta

Governador entrega documentação de casas do Porto D’anta

Com o documento, as famílias poderão receber as chaves das casas nesta terça-feira, dia 26, das 7h30 às 17h30

Fot Victor RibeiroNo conjunto Porto D’Anta, na Grande Aracaju, 580 famílias receberam documentação de casas populares que estão em construção no local. A entrega foi acompanhada pelo governador Jackson Barreto, na manhã desta segunda-feira, 25. O conjunto residencial José Eduardo Dutra totaliza um investimento de R$ 34.615.218,10, realizado em parceria como governo federal, por meio do programa Pró-Moradia. Foi entregue o cartão de identificação residencial, com o número do lote e a localização da residência. Com esse documento, as famílias poderão receber as chaves das casas nesta terça-feira, dia 26, das 7h30 às 17h30.

Realizado pela equipe do Núcleo Social da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Seinfra), o encontro teve como objetivo especificar aos beneficiários do programa onde ficará a residência e a quadra, bem como o horário em que eles irão receber as chaves e efetivar a mudança.

Para evitar aglomeração e tumulto, as equipes organizaram a distribuição dos cartões de identificação dos lotes em cinco salas, por ordem alfabética dos beneficiários, priorizando o atendimento às gestantes, idosos, mulheres com crianças de colo e pessoas com mobilidade reduzida.

Jackson Barreto disse que o conjunto residencial integra a política habitacional do Governo.  “Hoje, visitei o Colégio Estadual José Alves do Nascimento para garantir o direito dos sorteados nas casas populares do Conjunto Senador José Eduardo Dutra no Porto D’antas. Estou bastante feliz, ao total, são 580 casas distribuídas para essa população que está realizando o sonho da casa própria e que antes moravam em lugares inapropriados. Estamos aqui, pessoalmente, para reafirmar o nosso compromisso com o povo, fazendo tudo com muita transparência e justiça”, declarou.

O governador informou que o sorteio dos beneficiários foi acompanhado pelos ministérios público Estadual e Federal. “É preciso deixar bem claro que, para assegurar a integridade de todo o processo, o sorteio foi acompanhado pelo Ministério Público Estadual e Federal. Além do conjunto residencial, estamos preparando um conjunto de ações para essa região, como a mobilidade urbana com a ampliação da Avenida João Rodrigues, a urbanização no Bairro Industrial e mais estrutura para o conjunto, com praça, quadra de esportes e parque infantil”.

Nesta terça, serão entregues 413 chaves. As demais 167 serão entregues nos próximos 30 dias.  O Conjunto Habitacional José Eduardo Dutra compreende 551 unidades habitacionais padrão e 29 unidades adaptadas para portadores de deficiência.  A casa padrão é composta por varanda, sala, 02 quartos, cozinha, banheiro e área de serviço, perfazendo uma área total construída de 42,45 m². Já a casa adaptada é composta por rampa de acesso, varanda, sala, 02 quartos, cozinha, banheiro adaptável e área de serviço, perfazendo uma área total construída de 52,25 m²;

Realização

O taxista Tiago dos Santos não escondia a satisfação. “Quando não se tem nada além da vida, qualquer coisa que nos é dado é bem-vindo. Para mim, que pago aluguel e vivo sempre apertado financeiramente, receber uma moradia é mais do que um presente”, declarou.

Com o sorriso estampado, Márcia Antonia da Silva, contou que a ansiedade é enorme. “Já peguei o número do lote e da quadra. Não me importo se ficará próximo ou não da avenida, estarei na minha casa, um lugar bom, bonito e bem diferente do barraco em que moro com meus filhos. De hoje a um mês minha filhinha faz um ano e, presente melhor que esse nós não poderíamos ter recebido”, revelou a cabeleireira de 26 anos.

Segundo o secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, a entrega das casas não é apenas uma demonstração do cumprimento da palavra. “Todo cidadão sonha com um lar descente, onde possa viver e oferecer boas condições à sua família. Além de conceder dignidade aos 580 beneficiários do Programa Pró Moradia no Porto D’anta, o Governo de Sergipe retirou das margens da Avenida Euclides Figueiredo, famílias que residiam em barracos sem as mínimas condições de saúde e higiene e, a partir de amanhã poderão receber a casa própria, o seu bem maior”, enfatizou

Mais investimentos

Durante o evento, o governador informou que, esta semana, tratará da ampliação da política habitacional em reuniões com a Secretaria do Patrimônio da União (SPU) e Ministério das Cidades. “Ainda hoje, estarei indo à Brasília para levar ao SPU a liberação de algumas áreas em busca de financiamento de novas casas do Minha Casa, Minha Vida para o povo”.

Equilibrar o déficit habitacional nas regiões carentes de Sergipe é um dos pilares administrativos do governo do Estado, que busca o apoio do governo Federal na construção de casas para famílias de baixa renda. Em parceria com o governo Federal, a gestão estadual contratou entre 2007 e 2014 a construção de 22.755 unidades habitacionais, 11.076 destas já concluídas.

Os contratos  firmados contemplam a construção de 1.963  moradias, distribuídas nos municípios de Barra dos Coqueiros; Poço Verde; Aracaju e Itaporanga D’Ajuda. Indígenas e comunidades quilombolas também serão beneficiados, com 150 casas em Barra dos Coqueiros, 50 em Canindé de São Francisco e 61 moradias em Porto da Folha.

Em Maruim, o Governo constrói 95 casas com infraestrutura na comunidade São Vicente, atendendo a uma demanda das famílias que moravam no local em condições precárias.

Outro destaque são as 1.180 unidades habitacionais no Residencial 1° de Maio, que será construído em Nossa Senhora do Socorro.

————————————————–
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


*