Warning: Declaration of tie_mega_menu_walker::start_el(&$output, $item, $depth, $args) should be compatible with Walker_Nav_Menu::start_el(&$output, $item, $depth = 0, $args = Array, $id = 0) in /home/pmdbse/www/wp-content/themes/formulando/functions/theme-functions.php on line 1942
Fábio Reis comemora fim do impasse sobre carnalita | PMDB-SE
Capa » Ação 15 » Fábio Reis comemora fim do impasse sobre carnalita
Fábio Reis comemora fim do impasse sobre carnalita

Fábio Reis comemora fim do impasse sobre carnalita


O deputado federal Fábio Reis (PMDB-SE) acompanhou, na manhã desta quarta-feira (19), a reunião que deu fim ao impasse na execução do projeto Carnalita. O fato aconteceu após audiência pública das Comissões de Desenvolvimento Regional e Turismo e de Meio Ambiente, no Senado. Estiveram presentes os prefeitos de Capela e Japaratuba, Ezequiel Leite e Hélio Sobral, respectivamente, o governador Jackson Barreto e o presidente da Vale, Murilo Ferreira.

Durante a reunião, Murilo Ferreira disse que a Vale poderia vender a tecnologia e os direitos do projeto, caso as partes não chegassem a um acordo. “A Vale não fará nenhum movimento prejudicial ao Estado. Não queremos ser um obstáculo”, disse.

Ao fim do encontro, o prefeito Ezequiel Leite assinou um acordo que especifica que cada município receberá o que for de direito, conforme sugestão do governador Jackson Barreto. “Se Capela tem 80%, receberá relativo aos 80%, enquanto Japaratuba receberá seus devidos 20%”, explicou o governador.

Para validar o documento, o secretário de Estado da Fazenda, o advogado jurídico da Vale e de ambas as prefeituras vão elaborar um projeto de lei que indicará o repasse para cada município. A transferência dos valores ficará a cargo do Estado.

Para o parlamentar, o projeto é de extrema importância para o desenvolvimento de Sergipe. “Não podíamos correr o risco de perder o projeto e, com ele, investimentos de R$ 4 bilhões”, afirmou. “O prefeito Ezequiel acertou em assinar o contrato que autoriza o início do projeto”, celebrou.

No entanto, Fábio alerta para a necessidade de agilidade no processo. “Este processo não pode demorar tanto para ser executado. Este impasse, inclusive, já deveria ter sido resolvido”, disse. “São milhares de jovens aguardando pelas oportunidades de emprego e, o Estado, pela renda”, enfatizou.

Reuniao2

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

*