Capa » Ação 15 » Belivaldo Chagas participa de missa de três anos de falecimento de Déda

Belivaldo Chagas participa de missa de três anos de falecimento de Déda

Celebração religiosa foi realizada na Paróquia Santuário Nossa Senhora Aparecida

Nesta sexta-feira, 02, completam-se três anos do falecimento do ex-governador Marcelo Déda e a comunidade do conjunto Bugio recepcionou a viúva Eliane Aquino, além de familiares, amigos e o vice-governador Belivaldo Chagas durante a missa, celebrada nesta noite na Paróquia Santuário Nossa Senhora Aparecida.

Eliane Aquino contou, na ocasião, que a escolha da paróquia tem relação com o carinho que os moradores do Bugio demonstram por Marcelo Déda. “Fiz questão de marcar essa missa aqui porque me chamou muita atenção este ano o quanto Déda foi homenageado nesse bairro e o quanto ele ainda permanece vivo e querido na mente das pessoas. Essa foi uma forma de agradecer a essa população. Com relação às saudades que sentimos, ela nunca acaba. Nós apenas amenizamos a dor. Mas a saudade fica para o resto da vida”.

O vice-governador Belivaldo Chagas comentou que, neste dia, relembrou os momentos que passou com Déda em 2006. “Hoje é um dia em que mais uma vez recordamos do nosso amigo. Passaram-se três anos, mas parece que foi ontem. Hoje é um momento de reunir amigos e familiares dele para que façamos uma confraternização e continuemos orando. Em nosso coração, Déda permanece vivo”.

Maria do Carmo Déda, irmã do ex-governador, destacou a imagem marcante de Marcelo perante à população. “A morte, no meu entendimento, é uma passagem da vida terrena para a eterna. Nessa passagem pela terrena, o que nos faz sentir confortáveis é o que ele plantou como homem, governador, pai e poeta, e o amor que ele tinha pelo povo, principalmente o de Sergipe. O que nos dá conforto é o que ele fez, e não foi em vão. Sei que, onde ele estiver, estará satisfeitíssimo e sabendo que o povo o ama e reconhece seu trabalho”, declarou.

O pároco do Santuário Nossa Senhora Aparecida, Jadilson Andrade, pontuou que é preciso ter confiança na ressureição e ter fé, principalmente em um momento como esse. “Encontramo-nos nesta noite para celebrarmos essa eucaristia em memória de Marcelo Déda. O que nos move nessa noite é Jesus Ressucitado. Todas as pessoas que passam em nossa vida levam um pouco de nós e deixam um pouco de si. E, com certeza, Marcelo Déda passou e deixou muitas marcas no povo de Sergipe e no coração de cada um de nós”, ressaltou.

O prefeito eleito por Aracaju, Edvaldo Nogueira, também participou da celebração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


*